Professor, Feliz Dia!

“Se o professor é o generoso semeador de idéias que permitem o conhecimento da vida e acendem, no espírito, o sagrado fogo da esperança; se ele é quem faz e estimula vontades e caracteres; se é ele fator primacial na formação moral e intelectual das novas gerações, torna-se elementar ato de justiça e reconhecimento, homenagear sua missão pelo muito que representa para a Cultura e para a própria Nacionalidade”. (Trecho do Memorial enviado ao Ministro da Educação, solicitando a declaração de feriado escolar nacional  pelo professor Alfredo Gomes,1946 )  

O Dia do Professor constitui um importante dia de reflexão e sensibilização sobre a importância que os professores têm na educação e no consequente desenvolvimento e fortalecimento de cada aluno.  Foi criado para homenagear todos aqueles que com seu esforço, empenho e dedicação abraçaram uma missão nobre, porém,  árdua,  que é a do educador.
 
Os professores não só alfabetizam, como também repassam informações e conhecimentos fundamentais, atuam na motivação para estudos no desenvolvimento de habilidades, transmitem valores sociais positivos e saudáveis, provocam  a descoberta de novos conhecimentos e a consolidação do saber.
 
"Os professores ideais são os que se fazem de pontes, que convidam os alunos a atravessarem, e depois, tendo facilitado a travessia, desmoronam-as com prazer, encorajando-os a criarem as suas próprias pontes." - Nikos Kazantzakis  
 
Comemorado mundialmente no dia 5 de outubro, porém, no Brasil,  o Dia do Professor  é festejado em 15 de outubro, instituído nacionalmente por meio do decreto Nº 52682, assinado pelo então Presidente da República João Goulart, em 1963.

Vale dizer que o primeiro registro histórico da celebração data de 14 de maio de 1930, quando a III Semana da Educação, realizada na cidade de Bragança Paulista (interior de São Paulo), instituiu em seu programa de atividades o “Dia da Escola”. 

Apesar da longa história em torno do Dia do Professor, poucos conhecem a origem desta homenagem e tão pouco as razões da definição da data. Tudo começou nos anos 30, quando diversas iniciativas foram tomadas por grupos de professores católicos e aí surgiram comemorações, como a festa do “Nosso primeiro Mestre”,  lançada pela Associação de Professores Católicos do Distrito Federal, então, no Rio de Janeiro ou o “Dia da Mestra”, instituído também no Rio pelo Departamento de Ensino Primário. 

Originalmente, o dia 15 de outubro foi escolhido por ser a data evocatória de Santa Tereza de Ávila — nascida em Ávila, na Espanha  e falecida em 1582  — conhecida pela notável inteligência, comparada, em seu tempo, a dos doutores da Igreja, sendo reconhecida  por títulos religiosos e como “Padroeira dos Professores”. 

No início da década de 30, as primeiras comemorações já aconteciam, mas sem grande repercussão, quando, em artigo publicado no “Jornal de São Paulo” de 10 de outubro de 1946, o professor Alfredo Gomes, ex-presidente da Associação Paulista de Professores Secundários e da Sociedade Beneficente de Professores e Auxiliares de Administração e, também,  diretor da União de Professores de Educação e Ensino e Associação Paulista de Educação lança a Campanha pela oficialização do dia 15 de outubro como o “Dia do Professor”, no Estado de São Paulo. 

A Campanha esclarecia que, além da associação religiosa, a data possuía riqueza histórica, já que neste dia foi instituído o ensino público no Brasil, por decreto Imperial de D. Pedro I, em 1827. 

O referido documento assinado pelo Imperador ordenava a criação de escolas "todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras". Esse decreto falava da descentralização do ensino, do salário dos professores, das matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A ideia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima — caso tivesse sido cumprida. 

A conquista paulista correu o País e quase todos os Estados aprovaram leis oficializando o feriado escolar do Dia do Professor em 15 de outubro e, a partir daí, iniciou-se o trabalho pelo reconhecimento nacional da homenagem, por meio de decreto federal que definia a essência e a razão do feriado: “Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de Ensino farão promover solenidades em que se enalteça a função do Mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias”.
 

O Dia do Professor em outros países

O Dia do Professor, celebrado em mais de 100 países, mas nem sempre é considerado feriado e muitas vezes as comemorações são simplesmente realizadas em dias úteis. 

Na verdade, o Dia do Professor deveria ser todo o dia, mas como a sociedade, assim como em outras comemorações, elege uma determinada data para festejar, sempre observando, é claro, os  costumes e calendários utilizados no desenvolvimento do processo de escolarização de cada país,   abaixo relacionamos alguns países e as datas por eles escolhidas para comemorar o Dia do Professor. Confiram!
 

• Albânia,
Dia 7 de março. É um feriado não oficial e é comemorado um dia antes do Dia das Mães.  

América Latina,
Dia 11 de setembro. O Dia Internacional do Professor na América Latina é comemorado na mesma data da morte de Domingo Faustino Sarmiento,  um político argentino e pedagogo respeitado. Esta data foi estabelecida na Conferência Interamericana sobre Educação de 1943,  no Panamá, entretanto, muitos países latino-americanos, têm uma data separada para comemorar o Dia do Professor de acordo com acontecimentos de sua própria história. 

• Argentina,
Dia 11 de setembro. 

Chile,
Dia 16 de outubro. 

China,
Dia 10 de setembro. O Dia do Professor foi primeiramente instituído na Universidade Central Nacional em 1931. Foi adotado pelo governo central de Taiwan em 1932 e em 1939 o dia foi transferido para 28 de setembro,  que é o dia do aniversário de Confúcio. 

Foi extinto pelo governo da República Popular da China em 1951 e restabelecido em 1985 sendo que o dia foi novamente mudado para 10 de setembro. Atualmente a maioria da população está trabalhando para  retornar o Dia do Professor para o dia de nascimento de Confúcio.
 
• Cingapura,
Dia 1º de setembro. É um feriado oficial escolar e as comemorações são geralmente realizadas no dia anterior, quando os estudantes têm metade do dia livre. 

Coréia do Sul,
Dia 15 de Maio. No Dia do Professor (스승의 ), estes geralmente são presenteados com cravos por seus alunos e ambos desfrutam de um dia escolar mais curto. Ex-estudantes prestam seus respeitos aos ex-professores, visitando-os e oferecendo-lhes presentes. Atualmente muitas escolas por todo o país suspendem suas aulas para comemorarem esta data. 

• Eslováquia,
Dia 28 de março. O Dia do Professor (Deň učiteľov) é um feriado não oficial, data do aniversário de Jan Ámos Komenský (Comenius). 

Estados Unidos da América,
Na terça-feira da primeira semana de maio. O Dia Nacional do Professor é um feriado não oficial e a Associação de Educação Nacional (National Education Association) descreve-o como "um dia para homenagear os professores e reconhecer todas as contribuições duradouras que eles realizam em nossas vidas". 

Segundo a Associação a origem do Dia do Professor não é precisa, mas, conta a história que por volta de 1944, um professor,  de Arkansas Mattye Whyte Woodridge, começou a se corresponder com líderes políticos e educacionais sobre a necessidade de se ter um dia nacional para homenagear os professores. Woodbridge escreveu para Eleanor Roosevelt que em 1953  convenceu o Congresso dos Estados Unidos a proclamar o Dia Nacional do Professor. 

A Associação juntamente com seus estados afiliados  Kansas e Indiana e Dodge City (Kansas) pressionaram o Congresso para criar um dia nacional para os professores. O Congresso declarou 7 de março de 1980, como o Dia Nacional do professor apenas para aquele ano. 

A Associação de Educação Nacional e seus afiliados continuaram a comemorar o Dia do Professor na primeira terça-feira de março até 1985,  quando a Associação Nacional de Pais e Professores estipulou a Semana de Avaliação do Professor na primeira semana de maio. A Assembleia Representativa da Associação de Educação Nacional então votou para que se fizesse na terça-feira daquela semana o Dia Nacional do Professor. A partir de 7 de setembro de 1976,  foi adotado o Dia do Professor como 11 de setembro no estado de Massachusetts. 

Índia,
o Dia do Professor é comemorado no dia 5 de setembro e muito embora não seja feriado, é considerado um dia comemorativo, onde professores e estudantes vão para as escolas como de costume, mas as atividades habituais e de classe são substituídas por atividades de celebração, agradecimentos e recordações. Em algumas escolas neste dia, a responsabilidade de ensinar é deixada por conta dos alunos das séries mais avançadas como uma avaliação por seus professores. 

• Irã,
Dia 2 de maio. Ordi,behesht 12, no calendário iraniano.  

• Malasia,
Dia 16 de maio. 

• México,
Dia  15 de maio.
 
• Paraguai,
Dia 30 de abril. 

• Peru,
Dia 6 de julho. 

• Polônia,
O Dia do Professor (Dzień Nauczyciela), ou Dia da Educação Nacional (Dzień Edukacji Narodowej) é em 14 de outubro. 

• Portugal,
Dia 5 de outubro.  É um dia particularmente significativo para os portugueses, pois além de ser o dia em que se assinala a implantação da República, comemora-se também o Dia do Professor.  

República Tcheca,
Dia 28 de março. O Dia do Professor (Den učitelů) é um feriado não oficial, comemorado no aniversário de Jan Ámos Komenský (Comenius). As crianças levam flores para seus professores. Representantes do governo utilizam este dia para demonstrar agradecimento a esta profissão e premiar os melhores professores. 

• Rússia,
Dia 5 de outubro, mas antes de 1994,  esse dia era comemorado no primeiro domingo de outubro. 

• Taiwan, República da China,
Dia 28 de setembro. O dia presta homenagem às virtudes, às dificuldades dos professores e também as suas contribuições não apenas em relação aos seus próprios alunos, mas também para com toda a sociedade. 

As pessoas geralmente aproveitam o dia para expressar sua gratidão aos seus professores, tais como lhes fazendo uma visita ou enviando-lhes um cartão. 

Esta data foi escolhida por comemorar o nascimento de Confúcio, que se acredita ter sido o modelo de mestre e educador da antiga China. 

Em 1939, o Ministério da Educação estabeleceu que o feriado nacional seria em 27 de agosto,  atribuído ao dia de nascimento de Confúcio. Em 1952,  o governo o mudou para setembro, alegando ser esta a data correta pelo Calendário gregoriano. 

O festival comemorativo acontece nos templos de Confúcio espalhados por toda a ilha, conhecido como a "Grande Cerimônia Dedicada a Confúcio" (祭孔大典) que acontece às seis horas da manhã com batida de tambores. São 54 músicos vestindo roupões com cintos azuis e  36 (ou 64) dançarinos vestidos de amarelo com cintos verdes, conduzidos pelo chefe descendente de Confúcio (atualmente Kung Te-cheng) e acompanhados por oficiais do cerimonial. Três animais — a vaca, a cabra, e o porco — são sacrificados e a pele desses animais sacrificados é chamada de Cabelos da Sabedoria. 

Além disso, institutos locais de educação e órgãos civis oferecem prêmios a determinados professores por suas influências excelentes e positivas. 

• Tailândia,
Dia 16 de janeiro. O primeiro Dia do Professor aconteceu em 1957. 

• Turquia,
Dia 24 de novembro. 

• Uruguai,
Dia 22 de setembro. 

Vietnã,
Dia 20 de novembro. No Ngày nhà giáo Việt Nam (Dia do Educador Vietnamita), os estudantes têm o dia livre, mas se espera que eles visitem seus atuais e antigos professores em suas casas, presenteando-os com flores para demonstrar sua consideração. 
 

Hoje, pode-se dizer que quando enfrentamos tantas adversidades e quando nos deparamos com tantos desafios e dificuldades, soa em nosso ouvidos as palavras, às vezes, não ditas, mas sentidas pelo olhar de aprovação e incentivador daquele professor que com suas atitudes de apoio, carinho e esperança completava o buraco deixado, talvez inconscientemente, por nossos pais, sempre no anseio de contribuir com desenvolvimento e fortalecimento de cada um de nós. 

Em homenagem a todos os professores abaixo publicamos um texto de autor desconhecido, mas que tem tudo a ver com esta data tão especial para todos nós.  
 

Ser Professor
 
Ser professor é ser artista
Malabarista,
Pintor, escultor, doutor,
Musicólogo, psicólogo...
É ser mãe, pai, irmã, avó,
É ser ciência e paciência...
É ser informação.
É ser ação, é ser bússola, é ser farol.
É ser luz, é ser sol.
Incompreendido? Muito.
Defendido? Nunca.
O seu filho passou?
Claro, é um genio.
Não passou?
O professor não ensinou.
Ser professor
é um vício ou vocação?
É outra coisa...
É ter nas mãos o mundo de amanhã.
Amanhã.
Os alunos vão-se...
E ele, o mestre, de mãos vazias,
fica com o coração partido.
Recebe novas turmas,
novos olhinhos ávidos de cultura
e ele, o professor, vai despejando
com toda a ternura, o saber, a orientação
nas cabecinhas novas que amanhã
luzirão no firmamento da pátria
Fica a saudade
A amizade.
O pagamento real?
Só na eternidade.



 

 

Professor, Feliz Dia!
Pesquisa livre na internete
Blog Saltitando com as Palavras
 

Tags:
Professor, mestre, educador, educação, 15 deoutubro,  reflexão, esforço, dedicação, árdua.
.