Saltitando com as Palavras, como o próprio significado da palavra SALTITAR — divagar de um para outro assunto — foi idealizado para expressar e partilhar as pequenas coisas boas, e menos boas da vida, tais como: emoções, dificuldades, desafios, conquistas, alegrias, enfim, pulular este espaço com todo o tipo de informação para o bem-estar e lazer.

Água Morna Dribla a Fome e Emagrece?

A tradicional medicina chinesa defende a teoria de que a água morna, na temperatura certa, equilibra as energias do organismo e auxilia no processo de emagrecimento. Aclara ainda que a  temperatura morna melhora o funcionamento do estômago, que quando quente, além de digerir melhor os alimentos e proteger a parede estomacal, também diminui  o apetite e ajuda no funcionamento do intestino.

Segundo o Dr Mauro Perini, especialista em medicina chinesa, o método baseia-se na teoria do Yin-yang, que significa frio e calor, respectivamente, e também no balanceamento das energias.

Tal qual na natureza, nosso corpo também precisa harmonizar o frio e o calor, ou seja balancear as temperaturas, para encontrar o equilíbrio e  viver melhor. Porém, alguns organismos desenvolvem obesidade do tipo Yin; enquanto outros, a do tipo Yang, daí a necessidade da ingestão de água morna para recuperar o equilíbrio. E é graças a esse equilíbrio que existe vida em nosso planeta.

Assim, as pessoas do tipo YIN   — indivíduos calmos que comem pouco e concentram gordura nas pernas e nos quadris — engordam  porque possuem excesso de frio no estômago, o qual demora mais para esvaziar após as refeições. Conclusão: o metabolismo fica lento. "Tais pessoas sentem menos fome, mas retêm mais líquido", diz Mauro.

Já, as pessoas tipo Yang  indivíduos muito agitadas, que adoram comer, falam sem parar e reservam mais gordura na parte alta do corpo — engordam porque têm calor acumulado no estômago. Assim, o esvaziamento gástrico ocorre rápido demais. Consequência: elas sentem mais fome e comem muito.

Perini ainda afirma que, quando alguém come muitos alimentos frios, acaba sobrecarregando o estômago e gerando um estufamento gástrico, dificultando a digestão e, com isso, acaba tendo mais fome e o organismo absorve menos os nutrientes.

Porém, há quem duvide desse efeito, pois segundo o endocrinologista Ysao Yamamura, o hábito oriental de tomar água morna é motivado pelo clima muito frio, que,  consequentemente, esfria o corpo e, como tal,  necessita  de calor,  e uma das saídas é ingerir líquidos quentes.
 
Márcio Mancini, endocrinologista e professor da USP, ressalta que não é a temperatura que faz bem para o organismo, mas sim a água, uma vez que o organismo acaba gastando calorias para absorvê-la, auxiliando na queima de gordura.


Além disso, a água já fica quentinha aos 30° C, porém a temperatura corpórea é 37°C, logo, ela não estaria morna para o organismo. Estaria gelada. Portanto, fará bem apenas pelo fato de ser água e de possuir seus benefícios. Não por causa da temperatura. 




Por sua vez, Perini ressalta que a temperatura corpórea, logo pela manhã, é inferior ao normal. Por isso, ingerir água morna ajuda o corpo a se estabilizar novamente.

Ana Paula Souza, nutricionista especializada em fisiologia humana diz: "Tomar água morna facilita a digestão".  Por quê?  De forma geral, o organismo passa a trabalhar melhor, transformando os nutrientes ingeridos, que transformariam gordura, em energia a ser queimada.

É aconselhável beber 300 ml de água morna (entre 29º c a 36º c ) em jejum, 15 minutos antes do café da manhã, 15 minutos antes do almoço e 15 minutos antes do jantar, porém, pessoas  que fazem hemodiálise não devem seguir esta dieta.

É  voz corrente que a água faz maravilhas à saúde, tanto que os médicos, geralmente, nos aconselham a tomar, em média, dois litros por dia,  para que ajude a controlar a pressão, transportar nutrientes, hidratar as células, eliminar toxinas, melhorar a função intestinal entre outros e, é  claro, enxugar a silhueta!

O fato é que seguir algumas dicas, não faz mal a ninguém, já que podem nos ajudar no processo de conseguir um corpo e mente saudável e harmonioso, assim, como por exemplo, caminhar 3 ou 4 horas semanais pode ajudar e muito "Caminhar acelera o metabolismo e auxilia na redução da ansiedade, consequentemente, faz com que a pessoa coma menos", ensina a nutricionista Ana Paula Souza.

Outra alternativa, ensinada por Ana Paula, que pode melhorar seu processo digestivo, é misturar os ingredients abaixo e tomá-los em seguida, após o almoço.  
· 1 colher (sobremesa) de mel;
· 1 colher (sobremesa) de vinagre de maçã;
· 100 ml de água natural.
Para quem não gosta de tomar a água morna pura, uma das opções, segundo a nutricionista Daniela Jobst, de São Paulo, é tomar água morna misturada com limão, para que as enzimas do fígado, responsáveis pela desintoxicação do organismo, funcionem melhor.

Com isso, mais toxinas são eliminadas e o metabolismo é acelerado. “Mas, para funcionar, é preciso beber diariamente um copo (200 ml) de água morna com suco de meio limão em jejum e aguardar meia hora para tomar o café da manhã”, ensina.

“Ao tomar água morna em jejum, driblei a fome e superei o efeito sanfona”, certamente , este tipo de depoimento, você já viu ou ouviu em algum lugar, seja na internet, em videos, magazines e até mesmo na TV, mas vale lembrar, que é aconselhável levar em conta que os resultados variam de pessoa para pessoa e, muito mais do que perder “20 ou 30 kilos” é entender que o excesso de peso não só afeta uma silhueta “harmoniosa” como também na saúde — cholesterol alto, diabetes, pressão alta e etc.
  
Por outro lado, há os que dizem, que ao tomar água morna todos os dias, em jejum, você está diminuindo a quantidade de comida ingerida e, consequentemente, acostuma seu estômago a pequenas refeições, que ao menor sinal de excesso, será o primeiro a dar o sinal de alerta: Pare! Estou full!  E, ou você para de comer, ou ficará com mal estar pelo resto do dia.

Não podemos ignorar o fato de que a água é fundamental para nosso organismo, pois, além de ajudar no emagrecimento, atua na desintoxicação do mesmo e também garante um funcionamento perfeito dos rins e bexiga, responsáveis por eliminar toxinas que ajudam a engordar.

Outro ponto positivo a considerar  é que a água aumenta a formação do bolo fecal, contribuindo para o bom funcionamento do intestino, que dessa forma favorece o emagrecimento, refletindo também na aparência da pele e cabelo, sem ajuda de medicamentos que ao longo do tempo são prejudiciais  à saúde.

A quantidade a ser tomada, segundo pesquisas, depende de cada organismo, assim, vale dizer que o ideal é beber água sempre que sentir vontade,  mas caso você não seja muito fã de beber água direto o ideal é manter “aquela garrafinha básica” à mão e à vista de seus olhos e, uma vez e outra, dar uma bicadinha durante o dia , mantendo assim seu corpo hidratado,  sem perceber que ingeriu a água que seu corpo necessitava.
  
Mas como tudo tem o outro lado da moeda, vale ressaltar que  para muitas pessoas beber água fria ou morna em jejum, com ou sem limão, não emagrece, pois a água em si não tem o poder de queimar calorias, muito menos reduzir medidas, ela pode quando muito contribuir no emagrecimento, isto é, ao ingerirmos uma quantidade razoável de  água durante o dia, intercalando pequenas refeições, entre as principais refeições , manteremos nosso estômago relativamente cheio, portanto, nos dará a sensação de “saciado” e não precisaremos  comer além do necessário.

Pelo sim, pelo não, não dá para esquecer que nossa tendência é acreditar em dietas mirabolantes e milagrosas, mesmo sabendo que  para atingirmos o peso ideal, não significa somente beber água fria ou morna — com ou sem limão,  fechar a boca, beber só líquidos e etc, mas sim reprogramarmos  nossos hábitos alimentares, nossa atividade física, mental e emocional, sempre respeitando os limites individuais, pois cada pessoa é única e como tal, nossas necessidades  não, necessariamente,  são as mesmas da colega ou daquela Top Model ou da vencedora do Grammy.
  
Pesquisar e esmiuçar sobre os benefícios e ensinamentos dos  especialistas na área, ou até mesmo, sobre medicinas tradicionais, como no caso, a medicina chinesa, deve fazer parte de uma rotina diária, que em conjunto com o “estudar e conhecer” nosso próprio organismo pode nos levar a encontrar a melhor forma de controlarmos o excesso de peso e termos uma vida mais saudável, isto é claro, sempre levando em conta “aquela troca de ideias” com nosso médico.
 
Água Morna Dribla a Fome e Emagrece?
Pesquisa livre: Internet e magazines

Tags:
Leia também:
Água com Gas — Mitos e Verdades
Água Hidrata e, em Jejum, Cura Doenças!
 Água com Açúcar Acalma — Mito ou Verdade
• Água: O bem natural mais valioso do Planeta Terra!

Lembrete:
Consulte seu médico antes de fazer qualquer mudança em seu estilo de vida.
.


  ..